Escura?

Logan

Todos os capítulos estão em Logan
  1. Otako
  2. Logan
  3. Logan
A+ A-

A última missão parte 2
O sargento Thompson, entra na sala do General.

– O que ele fazia aqui!!

– Abaixe o seu tom de voz sargento, não está falando com seus soldados.

– Desculpe general.

– Se sente.

O sargento se sentou na cadeira, em frente à mesa do general.

– Por que ele estava aqui, senhor?

– Não se preocupe sargento, não era nada demais.

– Então por que me chamou aqui?

– A missão do seu esquadrão foi adiada.

– Como assim adiada, general?

– Houve um imprevisto com um esquadrão, então como o seu esquadrão é muito talentoso, ele será enviado.

– Senhor,o meu esquadrão não está condições para essa operação senhor.

– Eu sei mas confio em você, e sei que conseguirá resolver os problemas dele.

– Mas senhor…

– Isso é uma ordem sargento. Meus superiores querem um esquadrão e eu estou mandando o seu.

– Sim senhor.

– A operação ocorrerá daqui a uma semana, estejam todos no aeroporto as 13:00, sexta-feira que vem.

S.Thompson – entendido senhor.

O sargento saiu da sala e foi nos dar a notícia.

Após ter falado conosco sobre a última operação nossa da fase 2,e como ela seria, Douglas reagiu feliz e disse :

– Eles disseram que nos somos prodígios.

– Amor você não está entendendo.

-Como assim não estou Brenda?

– Douglas, isso quer dizer que provavelmente, essa missão será mais difícil. Uma missão de rank A ou S.

– Exatamente Luan.

Eu estava quieto, apenas observando eles.

– Tenho certeza que conseguiremos completa-la.

– O problema não é esse Drake.

– Então qual é sargento?

– O risco desse tipo de operação é alto, dificilmente saem todos vivos dela.

– Mas sei que conseguiremos sargento.

– Que confiança Drake.

A reunião acabou e voltamos para o dormitório.

O tempo foi passando, até chegar no dia da operação.

Estávamos no aeroporto, esperando o avião que nos levaria para o local da operação. O avião pousa perto de nos.

– Antes de nos entrarmos naquele avião, quero falar algumas coisas para vocês.

– Pode falar sargento.

– Sei que ultimamente as coisas estão para esse esquadrão, sei que temos nossa diferenças. Mas no momento em que entrarmos naquele avião, não seremos mais um esquadrão, vocês não estarão mais na fase 2 e sim se tornaram um esquadrão oficial da Iw. Tenho orgulho de vocês.Colocamos os equipamentos no avião e entramos nele. No avião Drake pergunta ao sargento.

– Qual o nosso objetivo sargento?

– O general me informou que seremos um esquadrão de suporte e que quando chegarmos lá, teremos mais informações.

– Entendido.

No meio do caminho para o local, nos deparamos com quatros caças passando por nós.Fiquei surpreso ao ver aqueles caças,fiquei me perguntando porque tinha caças aqui?O piloto do avião ao ver os caças diz, espantado.

– O que foi isso?

– Caças passaram por nós.

Responde o sargento

– Por que eles estão aqui?

– Eu não sei.

Chegamos no local, o avião pousa, quando o avião pousa descemos dele, mas ao descermis nos deparamos com uma base gigantesca da Iw e ao sairemos do avião, somos recebidos pelo sargento Smith, ele nos cumprimenta.

– Sou o sargento Smith, venham comigo.

O seguimos.

– Sargento Smith , nos vimos caças quando estávamos vindo para cá.- Issso não é nada com que se tenham que se preocupar sargento.- Daremos suporte a quem?

O sargento Smith fica espantando ao ouvir o que Drake pergunta.- Do que está falando?

– Nos somos o esquadrão de suporte que vocês pediram.

– Não, não pedimos um esquadrão de suporte e sim um de ataque.

– O que?

– Quem enviou vocês?

– O general Rhodes.

– Tinha que ser aquele filha da puta.

– penso a mesma coisa dele.

– Por que Douglas?

– Nada não Brenda

O sargento nos levou para um hotel abandonado, essa base da Iw nada mais era que uma cidade que estava sendo usada como base.

– Fiquem nesse hotel, usem como dormitório. Amanhã nos reunirmos e iremos passar as informações da operação para vocês.

– Mas sargento, não somos um esquadrão de ataque.

– Agora são, sargento Thompson. Descansem, temos muito trabalho amanhã.

Eu estava no quarto do hotel já deitado, fiquei pensando de onde os caças vinham, e por que estavam indo em nossa Direção.

Mas eu não era o único com pensamentos a mil, Douglas só pensava que essa era o tipo de missão que Ryze havia feito e que eles morreriam ali,ele estava com medo e nervoso, ele não queria morrer e nem perder a Brenda, já que estava em uma relação com ela.

– Eu não vou deixar ninguém morrer, vou proteger à todos e inclusive você meu amor, Brenda.

87270cookie-checkLogan

Tags: {{chapter_after_readerarea_novel_tags}}, ,

Série Relacionada

Comentários

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Capítulo 24